Receitas rápidas e práticas para um dia-a-dia verdadeiramente saudável

Pão de Alfarroba, abacate, ovo mexido e sementes de chia

Pão de Alfarroba, abacate, ovo mexido e sementes de chia

Sou apologista dos pequenos-almoços variados.
Idealmente seriam diferentes os 7 dias da semana. Apesar de nem sempre ser fácil, o mais difícil é mesmo ter imaginação.
Para isso é que este site serve. Para tirar ideias que facilitem as nossas refeições e beneficiem a nossa saúde.

Aparentemente com “coisas a mais” que podem demorar a fazer mas garanto que não demora mais do que 5 minutos!
Sem desculpas!

INGREDIENTES:
(sempre que possível biológicos)

Pão de Alfarroba da Miolo Padaria Biológica
1/2 abacate
1 ovo
1 colher de chá de sementes de chia
Sumo de 1/2 lima

PREPARAÇÃO:

1.Esmagar a metade do abacate com um garfo e regar com o sumo de lima para não oxidar.
2. Bater o ovo e colocar na frigideira, mexendo bem até estar no ponto.
3. Torrar o pão.
4. Colocar a pasta de abacate sobre o pão. Por cima colocar o ovo mexido e salpicar com sementes de chia.

Acções dos alimentos:

◊ Alfarroba – Grande quantidade de fibras naturais  | Ajuda a melhorar o funcionamento do intestino.
◊ Ovo – A gema do ovo é excelente fonte de colina, nutriente essencial que contribui para o desenvolvimento do sistema nervoso central do bebé.
◊ Abacate – Hidrata a pele.
◊ Sementes de chia – Previne e controla os diabetes.
◊ Lima– Diminui a acidez do estômago.

 


Related Posts

Dica: Atenção à misturas das frutas

Dica: Atenção à misturas das frutas

Vejo constantemente fotografias maravilhosas de super bowls, sumos e smoothies lindos em que só apetece devorá-los. Mas… Por mais que a maioria das frutas tenham grandes qualidade nutricionais, nem todas combinam entre si. Se a ideia é recebermos energia dos alimentos e usá-la ao longo […]

Húmmus

Húmmus

Cá em casa tenho sempre grão de bico. Compro a granel, deixo a demolhar em alga kombu, cozo e congelo em saquinhos pequenos. Assim, quando chega a hora de fazer hummus tudo se torna mais fácil e não me obriga a recorrer ao grão de […]



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *