Receitas rápidas e práticas para um dia-a-dia verdadeiramente saudável

Pão de Quinoa e sementes

Pão de Quinoa e sementes

P-Ã-O
Se pudesse comia todos os dias. Várias vezes por dia. (Não acontece…)
Há já alguns anos que evito o glúten e o pão era o maior problema de resolver. As marcas “sem glúten” estão fora de questão porque não passam de produtos processados e cheios de aditivos. Felizmente há marcas (e portuguesas!) óptimas que têm pão biológico com opções sem glúten maravilhosos.

Mas gosto mesmo de fazer em casa (acaba por sair mais barato), onde posso misturar ingredientes e fazer em mais quantidade para congelar.
Demorou a chegar lá.. porque fazer pão parecido com o pão “normal” não é a coisa mais fácil do mundo e por isso fiz um workshop de pão sem glúten com a Sofia Paixão ( Glúten free com Paixão) e aí tudo se torna mais fácil de compreender e depois de criar o pão à nossa maneira e do tipo que quisermos..

Antes de passar para a receita tenho só que dizer que dizer duas coisas:
• Das coisas que mais gosto na vida e mais prazer me dá, talvez por não ser tão recorrente, é ir comer uma BOA torrada a uma pastelaria. Daquelas muito brancas, de pão de forma cheias de glúten. Ahahah! Mas como para “pecar” é bom que valha a pena, os dois sítios que têm as melhores torradas do mundo é o Careca (Lisboa) e a Maurícia (em Matosinhos).
• Com a mania de ter uma alimentação saudável, no início da gravidez lixei-me. Tive vários enjoos, vomitava imenso.. mas nem conseguia olhar para sementes, aveia, granola ou qualquer tipo de pão sem glúten. Como é que os enjoos acalmavam? PÃO BRANCO… (momento da vergonha). Não podia ser pão integral sequer. Tinha mesmo que ser branco.

Enfim….. o bom é que passou e pude voltar ao que era e a comer os pães que tanto gosto de fazer, como este!

INGREDIENTES:
(sempre que possível biológicos)

1 chávena de quinoa
1 1/2 chávena de água
1/4 chávena de psyllium
1 1/4 chávena de aveia integral
1 colher de sopa de fermento
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de azeite
2 colheres de chá de cada: Sementes de chia, de linhaça, de sésamo e de girassol

PREPARAÇÃO:

1. Deite a quinoa numa taça e cubra-a com pelo menos 3 cm de água.
2. Deixe repousar durante a noite.
3. Pré-aqueça o forno a 200º.
4. Junte a água ao psyllium, mexa bem e deixe engrossar.
5. Passe a quinoa por um passador e retire a água em excesso.
6. Deite-a num procesador de alimentos e adicione 3/4 de chávena de aveia, o fermento, o sal e o azeite.
7. Acrescente o psyllium e misture tudo até os floco de aveia estarem desfeitos.
8. Adicione o resto da aveia e mexa bem até tudo estar bem ligado.
9. Deite a mistura numa forma de bolo inglês forrado com papel vegetal e untado com azeite.
10. Coloque a mistura das sementes no topo do pão e com a ponta de uma faca afiada marque o pão no cimo.
11. Leve ao forno durante cerca de 40 minutos e retire.
12. Dê uns golpes no pão, no mesmo sitio onde tinha feito as marcas. Isto vai permitir que o pão coza realmente.
13. Volte a levar ao forno por mais 40 minutos.
14. Retire e deixe arrefecer antes de cortar.

 

Nota: Pode ser congelado durante 3 meses.

Acções dos alimentos:

◊ Quinoa – Rica em proteínas | Contém todos os aminoácidos essenciais ao nosso organismo.
◊ Aveia integral – É depurativa.
◊ Psyllium – Efeito desintoxicante | Melhora o sistema digestivo e intestinal |(Substituito do glúten).
◊ Azeite – Rico em antioxidantes que previnem doenças do coração, cancro e fortalecem o sistema imunitário.
◊ Sementes de girassol – Boas para o sistema nervoso.
◊ Sementes de linhaça – Baixa os níveis de colesterol e de açúcar no sangue.
◊ Sementes de abóbora – São alcalinizantes para o pH do corpo | Ajuda a prevenir as patologias masculinas.


Related Posts

Dicas: Os essenciais cá em casa

Dicas: Os essenciais cá em casa

Uma das coisas mais importantes para uma alimentação realmente saudável é ter uma despensa com alimentos verdadeiros, que trazem o melhor de si ao nosso dia-a-dia e à nossa saúde. Partilho os produtos que não podem faltar na minha cozinha, alguns benefícios, (que mais tarde […]

Dica: Atenção à misturas das frutas

Dica: Atenção à misturas das frutas

Vejo constantemente fotografias maravilhosas de super bowls, sumos e smoothies lindos em que só apetece devorá-los. Mas… Por mais que a maioria das frutas tenham grandes qualidade nutricionais, nem todas combinam entre si. Se a ideia é recebermos energia dos alimentos e usá-la ao longo […]



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *